segunda-feira, julho 04, 2005

Eu adoro Gabriel García Márquez!

Este homem, escreve as coisas como elas são, sem rodeios. Senão vejamos...
Retirado do livro 'O Amor nos Tempos de Cólera':
"Mas três semanas depois recebeu uma cópia da carta póstuma e então rendeu-se à verdade. Subitamente revelou-se-lhe a fundo a imagem do homem a quem conhecera antes de qualquer outro, que o tinha criado e educado, que dormira e fornicara durante trinta e dois anos com a sua mãe e que, no entanto, nunca antes dessa carta se lhe tinha mostrado tal como era em corpo e alma, por timidez pura e simples."

Estou morto por ler o 'Memória das Minhas Putas Tristes'...

3 comentários:

PS2 disse...

Desde já as minhas desculpas pela inserção de cultura literária no blog...

Outeiro disse...

insersson de cultur... pah isso é que não!

MacGyver disse...

ó paneleiro vê lá se começas a ler coisas didácticas, tal como a Playboy ou a penthouse, se só te aguentares com coisas mais leves, tenta a maxmen...
é que com esses modos de vida, ires viver com gajas... desconfio em que andar vais morar...